Juiz de Fora -

Patrocinadores

 
 

HISTÓRIA

 

Introdução: A Associação Cultural e Recreativa Brasil - Alemanha (ACRBA) foi fundada em 27 de abril de 1993, com a Missão de: "Manter viva a chama da Cultura Alemã em Juiz de Fora" A ACRBA é uma entidade sem fins lucrativos, sediada no bairro Borboleta, com ampla folha de serviços prestados. Entre suas diversas atividades, é a mantenedora do SCHMETTERLING GERMANISCHE VOLKSTANZGRUPPE (Grupo De Danças Folclóricas Alemãs Schmetterling).


Criação do Grupo de Danças Folclóricas: O Schmetterling foi fundado no Bairro Borboleta, em 16 de junho de 1990, por iniciativa e sob a Coordenação Geral de Maria das Graças Schäfer, para resgatar a cultura alemã através da dança folclórica. Sua criação insere-se no contexto de resgate da cultura alemã promovido por ocasião da edição de 1990 da Festa Alemã, evento de divulgação da cultura alemã e congraçamento da comunidade do bairro Borboleta surgido no final da década de 60, com edições esporádicas ao longo da década seguinte.

Como primeira atividade, efetuou-se contatos com professores da cultura alemã da cidade de Blumenau, tradicional colônia alemã no estado de Santa Catarina, adquirindo desse contato subsídios para o aprendizado de danças, bem como as músicas que as acompanham e a características da indumentária típica. Com a ajuda e boa vontade das senhoras da comunidade, providenciou-se a confecção dos trajes típicos das regiões de onde se originaram os antepassados. Reunindo jovens e crianças da comunidade, foram organizados grupos divididos por idade.


A Festa Alemã de 1990: O motor desse processo foi a realização da Festa Alemã de 1990, depois de 15 anos da ultima edição durante a década de 70, motivada, internamente, pelas necessidades de angariação de fundos para a restauração da igreja da comunidade do bairro Borboleta, e contextualmente, pelos acontecimentos políticos do fim da década de 80, que levaram a reunificação alemã, devido ao colapso do bloco socialista. Criou-se então uma comissão para gerenciar a realização dessa festa, a qual apoiou e incentivou a criação dos grupos de danças, os quais receberam nomes específicos. O Grupo de Jovens (equivalente as atuais categorias Juvenil e Adulto) recebeu o nome de MUNIQUE, em homenagem a cidade de Munique, na Alemanha, onde se promove a tradicional "OKTOBERFEST". O Grupo de Adolescentes (equivalente á atual categoria Infanto) recebeu o nome de SCHMETTERLING (Borboleta), em homenagem ao nome do bairro. O Grupo Infantil recebeu o nome de KINDER, que significa Crianças, equivalendo ao atual Kinder.


O Crescimento do Grupo: Com o sucesso e a experiência adquiridos através das apresentações nos 4 dias desta Festa, os grupos se organizaram e cresceram, graças aos esforços incansáveis dos jovens e coordenadores, cujos propósitos eram de conhecer e aprofundar-se na Cultura e no Folclore Germânico. Assim, foi promovido em 20 de julho de 1991, o 1° Curso De Danças Folclóricas Alemãs, tendo sido convidados os membros da Associação Cultural e Recreativa Campinho, da Cidade de Domingos Martins - ES, como instrutores. Em outubro de 1991, os coordenadores dos Grupos de Danças participaram do 1° Curso de Danças Folclóricas Alemãs e Pomeranas, promovido pela Associação Cultural e Esportiva da Juventude da Cidade de Santa Maria de Jetibá - ES. Em março de 1993, tendo como instrutor o Professor Beno Heumann - Coordenador Geral do Departamento de Danças Folclóricas da Associação Cultural de Gramado promoveram na comunidade do bairro Borboleta o 2° Curso De Danças Folclóricas E Estudos Da Cultura Alemã em Juiz de Fora. Nesse momento, já se havia adotado o nome "SCHMETTERLING", unificado para todos os grupos etários, agora representados pelas categorias Infanto, Juvenil e Adulto.


Atividades Externas: Em novembro de 1993, promoveu-se na comunidade a 1ª Mostra De Objetos Antigos Alemães. As apresentações do Schmetterling começaram a ser levadas as escolas da rede pública e privada de Juiz de Fora e região, iniciando também uma seqüência de participações em diversas atividades culturais de nossa cidade. Para gerir toda essa estrutura, com uma média de 100 membros (dados de 2008), criou-se a ACRBA, em abril de 1993, a qual se encontra filiada a Federação dos Eventos de Cultura Alemã do Brasil (FECAB) e a Casa da Juventude, em Gramado - RS.

O Sucesso do Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Schmetterling, a partir desse momento, foi tão grande, que passou a ser presença obrigatória nas mais diversas promoções e eventos culturais em Juiz de Fora e nas cidades circunvizinhas, dentro e fora do estado. Desde 1995, a ACRBA incluiu em suas atividades a promoção da DEUTSCHESFEST (Festa Alemã), uma nova seqüência ininterrupta de edições, a qual representa a máxima expressão da cultura e do folclore alemães atualmente praticada em Juiz de Fora.


Momento atual: O Schmetterling Germanische Volkstanzgruppe é o primeiro Grupo de Danças Folclóricas Alemãs do Estado de Minas Gerais. Tornou-se uma referencia na defesa da cultura e das tradições de um povo que aqui chegou trazendo na bagagem sua fé, esperança e tradições.

Atualmente o Grupo é composto por, aproximadamente, 124 (cento e vinte e quatro integrantes), distribuídos em 08 categorias, sendo elas:

KINDERGARTEN (4 a 7 anos), coordenado por Carolina Hensel e Tamires Scheffer;
KLEINE KINDER (7 a 11 anos), coordenado por Juliana Carvalho;
GROSSE KINDER (11 a 15 anos), coordenado por Paola Frizero;
JURGENDLICHE (15 a 18 anos), coordenado por Arthur Mouro e Irineu Júnior;
MANNERTANNZ, categoria infelizmente não ativa no momento.
ERWACHSENE (18 a 30 anos), coordenado por Priscila Chandretti e Samuel Lawall;
HEIMWEH (a partir de 30 anos), coordenado por Adilson Zaniratto;
SENIOREN (a partir de 45 anos), coordenado por José Carlos Scheffer e Hanny Helena Masson Franck.

A Festa Alemã conta atualmente com 14 edições ininterruptas, sempre terminando ou começando no feriado de 7 de setembro. A Festa cresceu e rompeu os limites do bairro, passando a fazer parte do calendário turístico de nossa cidade, sendo o maior evento do mês de setembro, conforme mostra a Home Page da Prefeitura de Juiz de Fora (www.pjf.mg.gov.br). Através da lei 10744/2004, de autoria do vereador Rogério Ghedin, a entidade recebeu em 28 de maio de 2004, o título de Utilidade Pública Municipal, pela Câmara de vereadores de Juiz de Fora.

Diversas ações estão sendo preparadas com o intuito de ampliar ainda mais o conceito de preservação da cultura alemã em Juiz de Fora.

& Ass.: Diretoria 2008-2010



2015 - culturalemajf@gmail.com - Todos Direitos Reservados - Juiz de Fora MG